Terça-feira, 08.07.14

Borracha

 

 

 

Olá!!!

 

Como é triste pensar-se que ser borracha é apagar um projeto!!! Não, ser borracha é melhorá-lo! Por muito que tentemos, nós borrachas, é impossível apagar-se algo completamente! Impossível... ficam sempre aquelas marcas no papel do lápis firme que foi base do passo seguinte! São essas marcas que fazem o projeto! Um projeto não é um produto final, não é o fim de um processo, mas antes o próprio do processo!

 

Acho ridículo a ideia "pré-fabricada" de que eu anulo futuros... não eu abro caminhos, novos caminhos num futuro que é futuro, logo ninguém conhece!

 

Como podemos alternar neste mundo one apenas a primeira ideia é correta? Como podemos evoluir onde o quente vale mais que o frio e o bom mais que o mau? Como podemos saltar, ultrapassar barreiras, quando nos prendemos ao visível e não nos tornamos capazes de tranformar o absrato nesse visível?

 

Eis me aqui para que, mesmo que me maltratem, sempre que precisem de mim, me usem... Evoluam no processo da vida!!! Sejemos bons arquitetos de um mundo que precisa de muito mais que indivíduos, precisa de Humanos com todas as falhas, imperfeições, talentos e característics de cada um!

 

 

publicado por coisasfalando às 15:16 | link do post | comentar
Domingo, 07.10.12

A Caneta

Olá, caros leitores.

Gostava, desde já, deixar aqui expresso o meu sentimento de descontentamento.

Explicando: é indubitável que cada vez menos os humanos pegam em mim para desenhar um projecto. E por desenhar entenda-se arquitectar, pormenorizar, realizar. Tal descontentamento não expressaria se, em vez de mim utilizassem outro meio para o mesmo fazer. Porém, isto não acontece. Por isso é que estou descontente: julgo extremamente necessário que novos projectos apareçam - é necessário "um barco no mar" - . É necessário que não pensem apenas em vós como indivíduos isolados (e por isso, consigam vencer o egoísmo); é imperativo que estes tais projectos apareçam como intervenção de cada indivíduo humano no mundo em redor. Não podem pensar que o mundo se restringe a cada indivíduo isolado, pelo que é "proibido" fazer a seguinte associação:

"Se eu estou bem, o mundo está bem, logo não necessito fazer nada para o alterar/melhorar".

Que me dizem? Vamos, em conjunto, tornar-me útil e projectar algo de benefício indubitável para a humanidade? Ficamos, assim, combinados?

Por favor, ajudem-me. Estou desesperada.

Obrigada.

publicado por coisasfalando às 20:50 | link do post | comentar
Sexta-feira, 15.07.11

Mapa de Fusos Horários

Olá, como estão caros amigos?

Óbvio que sabem quem eu sou, certo? Não!!!???

Então eu sou conhecido por indicar as diferenças de fusos horários entre as múltiplas regiões do globo...

É verdade, já é diminuto o número de pessoas que me utiliza verdadeiramente, no entanto, acho que, cada vez mais, tenho outras funções... Querem saber mais uma?

Eu acho que, através da primeira função que aqui enunciei, consigo ser importante para mais uma coisinha... O facto de não "estarmos acordados" durante as mesmas horas do dia no mundo inteiro leva à necessidade de se preparar o dia seguinte às pessoas que vivem na parte do mundo que agora, enquanto nós trabalhamos, estão a dormir, assim como o recíproco acontece, quando nós estamos a descansar. Engraçado, não é? Vou dar um exemplo: "Quando nós nos levantamos, não sabemos onde foi "produzida" a energia que permitiu o aquecimento da nossa água de banho." Pois, mas a alguém temos de agradecer. Já imaginaram o que seria se, para termos algo, tivéssemos de estar sempre acordados.

Não digam a ninguém, mas eu acho que devo ser útil para vos lembrar de que têm de dar graças ao Criador do Mundo, por nos ter cedido uma Humanidade Irmâ que nos permite descansar. é claro que nós trabalhamos para a outra metade do mundo, mas se o elo se romper... Adeusinho Humanidade como nós a conhecemos...

 

Bem, peguem mais em mim! Utilizem-me, Risquem-me...

 

Não me importo de ser bem utilizado. Afinal não sirvo propriamente para estar na estante do quarto a aanhar pó, nem para fazer do meu dono um indivíduo culto....

 

Até um dia, companheiros!!!

publicado por coisasfalando às 22:07 | link do post | comentar
Domingo, 27.03.11

O Despertador

É triste! Todos me dão na cabeça! Porquê? Porquê? Porquê? Porquê eu? Será justo levar todas as manhãs uma pantufada em cima de mim, só porque sou responsável?

Pois é! Eu sou apenas um pobre e velho despertador de presente de aniversário, mas quantas pessoas não vagueiam pelo mundo que são, como eu, responsáveis, inteligentes, mas sobretudo, úteis?

Será justo? Será justo que também eles sintam a dor do desprezo e da solidão como eu sinto todas as santas manhãs?

Por vezes penso: Por que não me dão uma oportunidade de lhes demonstrar +ara que sirvo verdadeiramente, sem que me dêem, de seguida, um valente murro?

Por que razão estes humanos também não dão uma oportunidade aos seus semelhantes empobrecidos, para que também eles possam demonstrar as suas habilidades, as suas utilidades, a sua inteligência e, principalmente, sobre todas as coisas: para que eles possam demonstrar o seu interior?

Está nas tuas, nas tuas, nas tuas e nas mãos de todas as pessoas fazer com que a palavra “oportunidade” não seja um mito ou algo que está prestes a cair em desuso, mas sim uma máxima que todos querem atingir.

Vai, tu consegues ser mais e melhor e eu, um dia, conseguirei mostrar para que sirvo verdadeiramente…! Talvez um dia!

publicado por coisasfalando às 23:48 | link do post | comentar

mais sobre mim

pesquisar neste blog

 

Julho 2014

D
S
T
Q
Q
S
S
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

posts recentes

arquivos

2014
2013
    2012
    2011

    subscrever feeds

    blogs SAPO